02/02/12 16:13

Tour histórico em Itaboraí

Ruínas do Convento de São Boaventura - Crédito: Vitor Savino

A cidade de Itaboraí é um belo atrativo cultural para quem gosta de história do Brasil. Fundada em 1672, a cidade fazia parte da Vila de Santo Antônio de Sá, composta por Magé, Guapimirim, Cachoeiras de Macacu e Rio Bonito. No período mais próspero da Vila, a região possuía 20 portos, onde barcos e canoas atracavam com toneladas de açúcar, aguardente e farinha.

Em 1833, Itaboraí passou a ser sozinha uma vila e, rapidamente, a população cresceu, dando mais notoriedade à futura cidade. Durante o Segundo Reinado, passou a ser uma das regiões mais desenvolvidas do norte fluminense, com a presença de personagens ilustres da cena política e cultural da época, como João Caetano, Alberto Torres, Joaquim Manuel de Macedo e Visconde de Itaboraí. E é desta época a construção de grandes marcos da cidade como a Casa de Cultura, a Câmara Municipal e o Teatro João Caetano.

Abrigando o Convento de São Boaventura - a quinta obra feita pela Ordem Franciscana no Brasil - hoje, as Ruínas do Convento são consideradas um dos mais importantes conjuntos arquitetônicos religiosos do período colonial. Além do rico contexto histórico que tem a cidade, os turistas que vão a Itaboraí também podem conferir as belezas naturais da Bacia Calcária de São José e o Mangue de Itambi.

Como chegar: pela BR-101, você pode acessar a cidade pelo km 281,5 ou km 293.