06/09/18 16:30

Redução de 60% nas fatalidades na BR-101

Investimento em duplicação da pista e no atendimento ao usuário, BR-101 reduz em 60% o número de fatalidades na rodovia

Melhoria continua em infraestrutura, serviços, além de ações preventivas colaboram para superação da meta global da ONU com dois anos de antecedência pela Arteris Fluminense

A Arteris Fluminense é a concessionária responsável por 322 quilômetros da rodovia BR-101/RJ, trecho entre a Ponte Presidente Costa e Silva, em Niterói (RJ), e a divisa entre os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. A BR-101 tem um papel importante na rede rodoviária brasileira, promovendo a ligação entre as regiões Sudeste e Sul do País. É também relevante sob o ponto de vista econômico, conectando a região norte da costa litorânea do Estado do Rio de Janeiro e suas bacias petrolíferas. Além disso, permite o acesso a uma região de importantes polos turísticos, como a região dos Lagos, Serrana e o litoral sul Capixaba.

A atuação da Arteris é pautada no respeito à vida como valor fundamental para o Grupo, tantos para os usuários de suas rodovias, quanto para os seus colaboradores. Para aprimorar ainda mais os resultados na segurança viária, a companhia está engajada na Década de Ação pela Segurança no Trânsito da ONU, que prevê a redução pela metade dos acidentes com vítimas, entre 2011 e 2020.

A Arteris Fluminense trabalhou para reduzir em 60% o número de fatalidades na rodovia entre 2010 e 2017, superando a meta global da Organização das Nações Unidas (ONU), com dois anos de antecedência. O trecho entre Niterói e a divisa com o Espírito Santo, recebeu investimentos de R$ 2,6 bilhões em obras de melhorias, ampliação novos equipamentos, o que colaborou para o resultado ser alcançado.

A duplicação da BR-101, entre as cidades de Rio Bonito e Campos dos Goytacazes, é a maior obra do contrato de concessão. Do total de quilômetros liberados para obras, ou seja, com licença ambiental concedida e aprovação emitida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a Arteris Fluminense executou 96,2% da duplicação, o que representa 125,61 quilômetros de novas pistas entregues aos usuários entre os anos de 2014 e 2018. São trechos entre as cidades de Campos dos Goytacazes (km 84) e Macaé (km 144); e de Casimiro de Abreu (km 190) e Rio Bonito (km 261).

Em Campos dos Goytacazes, além duplicar a rodovia e implantar novos trevos em desnível (viadutos), a Arteris Fluminense corrigiu o traçado da rodovia na região de Ibitioca, conhecido por ter um relevo acidentado e curvas sinuosas.

No trecho de maior movimentação da concessão, um dos legados da Arteris foi a conclusão bem-sucedida da ampliação da Avenida do Contorno, em Niterói. Antes considerada um dos principais gargalos rodoviários do Estado do Rio de Janeiro, a via com 2,2 quilômetros, que liga a ponte Rio-Niterói ao trecho Niterói-Manilha da BR-101, recebe diariamente 100 mil veículos. Após investimentos de R$ 90 milhões e dois anos de obras, a via ganhou novas pistas, pontos de ônibus e acostamentos em ambos os sentidos, o que garantiu mais segurança, ordenação do tráfego e fluidez aos usuários.

No segmento Niterói-Manilha, da BR-101, a concessionária implantou mais 27,5 quilômetros de iluminação em LED (sigla em inglês para Diodo Emissor de Luz), constituídos por 550 postes metálicos, com 12 metros de altura, instalados no canteiro central da rodovia e equipados com mais de 1,1 mil luminárias com lâmpadas eletrônicas de LED. Cerca de 130 quilômetros de cabos elétricos subterrâneos conectam o sistema de iluminação à rede externa da concessionária de energia elétrica.

Além do conforto visual aos motoristas, a iluminação deste segmento da BR-101 colaborou com a redução de atropelamentos e, consequentemente, para o cumprimento da meta da ONU. Atualmente, existem 58 passarelas no trecho sob concessão da Arteris Fluminense. Destas, 23 foram reformadas e 35 são novas e foram instaladas pela concessionária.

5º Fórum Arteris: Segurança, Inovação e Mobilidade. Disseminar boas práticas para dentro do próprio Grupo e também para todo o setor estão entre as premissas da Arteris, que pelo quinto ano consecutivo compartilha conhecimentos e promove diálogos profícuos acerca da segurança, mobilidade e inovação, por meio do Fórum Arteris. Acompanhe, ao vivo, o 5º Fórum Arteris: Segurança, Inovação e Mobilidade, que acontece no próximo dia 11/09 a partir das 9h00, através do link.

A Arteris é uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil em quilômetros administrados, com mais de 3.400 km em operação. Por meio de suas nove concessionárias, a Arteris administra rodovias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, importante eixo econômico e industrial do País. A companhia é responsável pela operação de cinco concessionárias federais: Fernão Dias, Régis Bittencourt, Litoral Sul, Planalto Sul e Fluminense. Também detém as concessionárias estaduais Autovias, Centrovias, Intervias e ViaPaulista, que atuam no interior de São Paulo. A Arteris é controlada pela espanhola Abertis e pela canadense Brookfield e mantém programas permanentes de conscientização.

A Arteris Fluminense é a concessionária responsável por 322 quilômetros da rodovia BR-101/RJ, trecho entre a Ponte Presidente Costa e Silva, em Niterói (RJ), e a divisa entre os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. A Arteris Fluminense tem sede na cidade de São Gonçalo (RJ), local para onde deverão ser encaminhadas todas as comunicações legais, em razão de constituir-se pessoa jurídica distinta de Arteris S.A. (sua controladora societária).