04/09/18 16:28

Serviço: Feriado da Independência na BR-101

FERIADO DO DIA DA INDEPENDÊNCIA NA BR-101 RJ/NORTE

São esperados mais de 447 mil veículos na rodovia durante o feriado prolongado entre Niterói e Campos dos Goytacazes

Niterói, 04 de setembro de 2018 – A Arteris Fluminense inicia nesta quinta-feira (6) uma operação especial de tráfego para o feriado de 7 de setembro, o Dia da Independência do Brasil. A estimativa é que mais de 447 mil veículos trafeguem pelos 322 quilômetros de rodovia entre a divisa RJ/ES, em Campos dos Goytacazes, e Niterói. A concessionária vai trabalhar com reforço na operação de atendimento ao usuário até a próxima segunda-feira (10). A BR-101 é a principal ligação da capital com a região dos lagos, norte Fluminense e o litoral sul capixaba.

PREVISÃO DE TRÁFEGO
Os usuários podem programar a sua viagem para evitar os horários de pico previstos no período. Na saída, o aumento no fluxo da rodovia deve ocorrer a partir das 14h desta quinta-feira (6). No sexta-feira (7), a previsão de grande movimentação para o período entre 7h e 14h. No retorno, o aumento de fluxo está previsto para acontecer a partir das 15h.

• Dia 6 de setembro: 85.200 mil veículos
• Dia 7 de setembro: 85.500 mil veículos
• Dia 8 de setembro: 73.100 mil veículos
• Dia 9 de setembro: 113.700 mil veículos
• Dia 10 de setembro: 89.800 mil veículos
• Total: 447.300 mil veículos

INFORMAÇÕES AOS USUÁRIOS
Para ficar por dentro das condições da rodovia, tirar dúvidas do trecho e receber ajuda na programação de viagem, o usuário tem a disposição o telefone 0800 282 0101 ou o Twitter oficial da concessionária, @Arteris_AFL.

Na rodovia, 16 painéis de mensagens variáveis, sendo 10 móveis e 6 fixos, informarão as condições da rodovia aos usuários. Ao longo do trecho sob concessão, a concessionária disponibiliza ainda sete bases SOS Usuários, com local adequado para pausa na viagem, banheiros, fraldários e água.

Os motoristas que passam pelas rodovias administradas pela Arteris podem relatar condições de tráfego, acidentes ou ocorrências relevantes por meio do Waze. O aplicativo está integrado ao Centro de Controle Operacional da Arteris Fluminense, que monitora as ocorrências informadas pelos usuários e, além de validá-las, pode acionar recursos com mais rapidez para solucionar os problemas. O CCO também vai sinalizar situações adversas no aplicativo, como bloqueios de faixa, congestionamentos e outras intercorrências, permitindo que os usuários possam redobrar a atenção nos trechos com alerta e tomar ações com antecedência. O ingresso nessa plataforma potencializa a eficiência da comunicação entre o CCO da Arteris e os milhares de usuários que utilizam as rodovias.

PEDÁGIO
Nos dias de maior fluxo, as praças de pedágio da Arteris Fluminense funcionarão com sua capacidade máxima. Arrecadadores adicionais estarão de plantão para fazer a cobrança à frente das cabines (papa-filas), quando necessário. A concessionária também disponibiliza os sistemas Via Fácil, ConectCar e Move Mais para agilizar a passagem dos usuários nas praças de pedágio. A tarifa básica para automóveis é de R$ 5,50. Motos pagam R$ 2,75. Veículos comerciais pagam conforme o número de eixos. Cinco praças de pedágio estão em funcionamento na rodovia:

• Km 40 – Campos dos Goytacazes (cobrança nos dois sentidos)
• Km 123 – Campos dos Goytacazes (cobrança nos dois sentidos)
• Km 192 – Casimiro de Abreu (cobrança nos dois sentidos)
• Km 252 – Rio Bonito (cobrança nos dois sentidos)
• Km 299 – São Gonçalo (cobrança unidirecional – sentido Niterói)

Sobre a Arteris Fluminense - Concessionária responsável por 322 quilômetros da rodovia BR-101/RJ, trecho entre a Ponte Presidente Costa e Silva, em Niterói (RJ), e a divisa entre os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. A Arteris Fluminense tem sede na cidade de São Gonçalo (RJ), local para onde deverão ser encaminhadas todas as comunicações legais, em razão de constituir-se pessoa jurídica distinta de Arteris S.A. (sua controladora societária).

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA:
Arteris Fluminense
E-mail: rodrigo.meira@arteris.com.br
Condições da rodovia também no Twitter.com/Arteris_AFL